O “Cometa de Natal” que só poderá ser visto em dezembro de 2021!

por -
Créditos: University of Hertfordshire Observatory.

Este ano, o título de “Cometa de Natal” vai para o cometa C / 2021 A1 (Leonard) ou cometa Leonard, descoberto em 3 de janeiro pelo astrônomo americano Gregory J. Leonard no Observatório do Monte Lemmon nas montanhas de Santa Catalina, no Arizona.

O cientista o interceptou exatamente um ano antes de seu periélio, sua passagem mais próxima ao Sol, que deve ocorrer em 3 de janeiro de 2022. O perigeu, ponto mais próximo da Terra, será alcançado no domingo, 12 de dezembro.

De acordo com especialistas, a jornada de Leonard, que começou há cerca de 35 mil anos, será unilateral: nunca mais acontecerá. Observá-lo portanto, será uma oportunidade única na vida!

O “cometa de Natal” que você poderá ver em dezembro

No momento, conforme diz o astrofísico Gianluca Masi, diretor científico do Projeto Telescópio Virtual, a visibilidade do “cometa de Natal” é incerta. Se ou como ele se tornará visível a olho nu ainda não se sabe, no entanto, as possibilidades são grandes.

No dia 12 de dezembro atingirá a distância mínima do nosso planeta, isto é, cerca de 35 milhões de quilômetros, mas estará apenas 10° acima do horizonte, portanto precisaremos não só de um céu muito escuro, mas também sem obstáculos naturais e/ou artificiais. O ideal é estar em um local afastado das grandes cidades.

O “cometa de Natal” deve ser visível até o Natal e depois desaparecerá de vista para sempre. A esperança é que seu brilho cada vez maior permita que todos possam observá-lo a olho nu, como aconteceu com o cometa NEOWISE no ano passado!

Muito legal!

[Leia também: 4 mensagens proféticas do Santo Cardeal Newman sobre o Anticristo e o fim dos tempos]
[Leia também: O impressionante milagre da Virgem de Lourdes que converteu este cientista agnóstico]