O padre, o queijo e uma lição sobre o ser cristão

por -
Créditos: Instagram/Reprodução

O padre Márlon Múcio é conhecido pelo seu bravo testemunho de vida sacerdotal ao conviver com a doença raríssima e neurodegenerativa chamada RTD (Deficiência do Transportador de Riboflavina).

Neste domingo (18), ele postou uma foto segurando um ‘espetinho’ de queijo e um belo testemunho sobre a vida cristã!

Confira:

“Não estou de mal do queijo nem de ninguém! Eu estava feliz da vida com o meu churrasquinho preferido: de queijo coalho. A mamãe já havia me alertado: “Coma devagar, mastigue bem. E cuidado!”.

Eu tenho, por conta da doença, uma fraqueza nos músculos da mastigação e deglutição. Mas não deu outra: engasguei com o queijo, ele ficou entalado na minha goela. Graças a muito exercício e oração, desceu. Mas nem mesmo assim fiquei de mal do queijo.

Como pode viver um mineiro brigado com o queijo? Não estou de mal do queijo nem de ninguém. Como pode um cristão viver brigado com alguém?

Você também busca encontrar a Deus nas simples situações do dia a dia?

[Leia também: Testemunho de fé: Mesmo na UTI, Padre Márlon celebra missa todos os dias]
[Leia também: Padre com câncer é ordenado em hospital na Quinta-feira Santa a pedido do Papa Francisco]