Padre exorcista alerta sobre perigo dos anjos que não estão na Bíblia

por -
Créditos: Facebook.

A Nova Era e as correntes esotéricas que a acompanham trouxeram um interesse novo pelos anjos. No entanto, há uma tendência perigosa de pedir a intercessão de espíritos angélicos que não estão na Bíblia.

[Leia também: Você fez esta “cadeia para hospedar os anjos na sua casa”? Padre alerta para perigos que ela pode trazer]

Padre exorcista alerta sobre perigo dos anjos que não estão na Bíblia

O padre exorcista José Antonio Fortea alertou os católicos sobre o grande perigo de rezar a esses espíritos com nomes estranhos que não são bíblicos.

Em seu livro sobre exorcismo, o padre Fortea comenta que “as invocações a anjos de nomes desconhecidos são difundidas em muitos países”.

Em geral, e como as pessoas muitas vezes pedem intercessão voluntária e inconscientemente, Deus “não permitirá que anjos caídos venham”.

No entanto, ele adverte que “não devemos invocar os anjos a não ser da maneira tradicional na Igreja Católica”. Nesse sentido, a maneira correta, exceto com os arcanjos São Miguel, São Rafael e São Gabriel, é rezar aos anjos de forma geral.

[Leia também: Cuidado: Estes são os anjos que os católicos não devem venerar!]

“Se eles são chamados pelo nome, deve ser feito apenas com os nomes que estão registrados na Bíblia”, adverte o padre Fortea.

“Há pessoas que invocam determinado anjo com um nome que leram em um livro, geralmente da Nova Era. O que acontece se mais tarde descobrir que esse nome é o nome de um demônio? Você não precisa correr riscos”, diz ele.

Além disso, “outro erro gravíssimo ocorre quando se pede proteção aos anjos, acrescentando práticas mágicas”.

“Abundam os escritos sobre supostas revelações que não merecem qualquer credibilidade. Isso é extremamente perigoso”, acrescenta o padre.

Por isso, com certeza, “a veneração dos anjos e o pedido de ajuda deles devem ser praticados da maneira sóbria que tradicionalmente se faz na Igreja, sem acrescentar elementos duvidosos”, conclui Pe. Fortea.

O que você acha?

[Leia também: Padre especialista em anjos explica o que todo católico deveria saber sobre eles]
[Leia também: 4 dúvidas que talvez você tenha sobre a Nova Era]