Padre Fortea aos protestantes: a veneração à Virgem Maria “é totalmente bíblica”

por -
Créditos: Youtube/Wikipedia.

Em um recente vídeo para o Youtube, o padre José Antonio Fortea explicou aos protestantes porquê a veneração à Virgem Maria é “totalmente bíblica”.

Com a Bíblia em mãos, o sacerdote analisa de maneira magistral e definitiva como o próprio Evangelho justifica o sumo respeito que nós católicos temos para com a Mãe de Deus.

“Eu sei que alguns de vocês que me escutam são evangélicos. Sei que muitos disseram que o que separa nós católicos e vocês é este assunto, a veneração que temos à Virgem Maria…”, começa dizendo padre Fortea.

E logo ele começa a analisar a passagem da Bíblia que relata de forma mais clara o quão Maria foi especial e importante para o plano salvífico de Deus:

“Ela [Maria], em Lucas 1 disse ‘todas as gerações me proclamarão bem-aventurada’, estava cheia do Espírito Santo neste momento. Disse também que Deus ‘fez grandes coisas por mim’. Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada”.

“Quando cantamos os louvores de Maria, estamos fazendo o mesmo que fazia o povo escolhido com Rute, ou com Judite ou com Ester. Aquelas mulheres fortes, aquelas heroínas. Eles acreditavam em um único Deus e só a Ele adoravam. Era incompatível a adoração de uma pobre mulher como Ester ou Judite e a adoração a Deus. Nunca caíram neste erro.

Não houve um só judeu que adorasse Rute, Ester ou Judite, mas de nenhuma delas se dirá na Sagrada Escritura, escrita por Deus, as coisas que se dizem em Lucas sobre a Mãe do Messias“, comenta o padre.

Ele então analisa a passagem de Lucas 1, 39, que relata o episódio da visita de Maria a Isabel:

“[O Evangelho] continua louvando Maria. No versículo 44 ‘pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio’. O havia dito antes, mas volta a dizer… É a palavra de Deus que a repete.

Tua saudação, Maria, tua saudação provocou que meu filho, por um dom de Deus, entendesse o que significava isso. Pela saudação de Maria. Porque sim, tinha dentro de si o fruto, o Deus feito homem… Mas pela saudação de Maria. Poderia ter dito ‘pelo teu filho’, mas não. Fala várias vezes de Maria“, explica o padre Fortea aos nossos irmãos protestantes.

E continua analisando as Escrituras:

“‘E bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!’ É quando ela, cheia do Espírito Santo -e sabemos que ela estava cheia do Espírito Santo porque o mesmo Espírito colocou isso no Evangelho- (…) então vem o louvor de Maria. Que é verdadeiro porque Deus queria que estivesse no Evangelho”.

Por último, o padre Fortea diz aos protestantes: “Não há, por mais que tenham dito, nenhuma contradição entre o amor, o louvor o respeito, a proclamação das grandezas de Maria, Mãe de Deus e a Sagrada Escritura“.

A veneração à Virgem Maria “é totalmente bíblica”!

Aqui está o vídeo original (em espanhol):

Clique aqui caso não consiga ver o vídeo

O que você achou desta explicação?

[Leia também: Exorcista afirma que a Virgem Maria apareceu para ele e lhe mostrou um mundo escurecido]
[Leia também: O dia em que até o demônio louvou a Imaculada Conceição de Maria]