Papa Francisco adverte sobre como Satanás tenta nos levar para o pecado

por -
Créditos: Youtube / Wikipédia.

Em entrevista ao canal de televisão italiano TV2000 em 2017, o Papa Francisco nos alertou sobre como Satanás tenta entrar em nossas vidas e nos afastar de Deus!

Com o diabo, “não se pode dialogar”, nos diz o Santo Padre “porque se você começar a dialogar com Satanás, você está perdido”.

Aqui está o que disse o Papa Francisco:

“Na sua catequese, você fala muitas vezes de Satanás e eu gosto muito…”, diz o entrevistador.

Isso é o mal, não uma névoa. Não é uma coisa difusa, é uma pessoa. Satanás também é astuto, o Senhor nos diz que quando o expulsam, ele vai embora. Mas depois de um certo tempo quando você está distraído, depois de alguns anos, ele volta com sete piores do que ele”.

E não é que ele entra à força em sua casa. Não, não, Satanás é muito educado. Bate na porta, toca a campainha. Entra educado, com seduções… e companheiros. E ao final…

É isso… não se deixe cair no mal, você tem que ser astuto no bom sentido da palavra, você tem que ser enérgico, ter a capacidade de discernir as mentiras de Satanás.

E com isso gostaria de dizer algo que acredito: você não pode dialogar com Satanás. Como Jesus falou com Satanás? Ou o expulsou ou falava como no deserto: com a palavra de Deus.

Mas ele não dialogou, porque se você começar a dialogar com Satanás, você está perdido. Ele é mais esperto do que nós. Ele faz isso, faz aquilo, te revira, bagunça sua cabeça e você está perdido. Não! Fuja!“, ressalta o Papa.

Então, Papa Francisco, você está me dizendo que “mal” é maiúsculo, tem nome e sobrenome?

“Sim, sim, com certeza”, responde o Santo Padre. “E dentro de nossas casas. Dentro. Sim… Mas finge ser educado conosco, com nossos padres, bispos… Educado, entra assim e as coisas terminam mal se não percebes a tempo”.

Fiquemos atentos às armadilhas de Satanás!

[Leia também: O Papa Francisco realizou um exorcismo no Vaticano? Entenda o que aconteceu]
[Leia também: Qual o pior de todos os pecados? Papa Francisco responde]