Por quanto tempo Jesus permanece conosco na Eucaristia depois que comungamos?

por -
Créditos: Internet/Reprodução

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica (CIC), a presença de Cristo na Eucaristia é verdadeira, real e atual. O Santíssimo Sacramento da Eucaristia é o mesmíssimo Corpo e Sangue de Jesus (CIC 1374).

No entanto, alguns se perguntam por quanto tempo Jesus permanece na Eucaristia depois de ser ingerida. Aqui tentaremos explicar:

São Filipe Néri responde:

Em uma ocasião, este santo estava celebrando a missa, e no momento da comunhão, percebeu que um fiel em particular comungava e se retirava da igreja, sem realizar nenhum ato de adoração ou agradecimento.

São Filipe esperou a seguinte ocasião em que ele fizesse o mesmo para ensinar aos outros a importância da adoração eucarística.

No outro dia, quando o fiel repetiu o ato, São Filipe pediu aos coroinhas que o seguissem com velas acesas. O homem, confuso, perguntou ao sacerdote o motivo dele ter pedido isso aos meninos, e o santo respondeu:

“Temos que render o devido respeito a Nosso Senhor, que levas contigo. Como te negaste a adorá-Lo, enviei dois acólitos para que o fizessem em teu lugar”.

O Catecismo responde:

Segundo o Catecismo, “a presença eucarística de Cristo começa no momento da consagração e dura enquanto as espécies eucarísticas subsistirem”. (CIC 1377).

Ou seja, dura o tempo que dura o pão antes de ser assimilado pelo corpo. Segundo a ciência, este processo não demora muito, e alguns sacerdotes opinam que é conveniente uns 15 minutos de reflexão depois da comunhão.

Então na próxima vez que comungar, não esqueça! O Corpo de Cristo está em você por alguns minutos, mas a presença de Deus em seu coração é profunda e dura muito mais.

Sempre, ao comungar, é recomendado ter um tempo de ação de graças, respeito e comunhão profunda com Ele.

[Leia também: Não se deve comungar em pecado mortal, assim ensina a Igreja]
[Leia também: Segredo dos santos: 4 poderosas orações a Jesus na Eucaristia]