Quando o melhor jogador do Super Bowl, Tom Brady, conheceu São João Paulo II

por -
Créditos: Internet/AP

Tom Brady é o quarterback do Tampa Bay Buccaneers, time campeão do Super Bowl (Campeonato de futebol americano) neste domingo (7) e recebeu o título de melhor jogador da partida. Além da recente vitória, Brady também acumula outros seis títulos da NFL pelo New England Patriots. Mas você sabia que ele vem de uma família católica e já encontrou o Papa São João Paulo II?

Brady é o caçula de quatro filhos e foi criado como católico. Frequentou a Escola Secundária Junípero Serra em San Mateo, Califórnia, uma escola preparatória católica. Casou-se na Igreja Católica com a modelo brasileira Gisele Bündchen e também batizaram seus filhos na Igreja Católica. Ele também tem outro filho com uma antiga namorada, embora não tenha sido casado com ela.

O encontro com São João Paulo II:

Tudo isto está no contexto da breve reunião de Brady com o Papa João Paulo II em 2004. Pouco depois de ter conquistado o seu segundo Super Bowl, viajou para Roma e teve um pequeno encontro com o pontífice. Quando questionado sobre a reunião por um repórter em 2015, Brady simplesmente disse que a reunião foi “muito breve… mas muito legal [e] valeu a pena.”

Aqui está uma foto desse momento:

Rezemos por Tom e sua família!

[Leia também: Um dos maiores jogadores de basquete da história diz que sua fé o salvou]
[Leia também: Usain Bolt, sua fé católica e a Medalha Milagrosa]