Soldados russos saqueiam seminário e roubam Cálice de São João Paulo II na Ucrânia

por -
Créditos: Caritas - Spes Zhytomyr / ilmessaggero.it.

Soldados russos entraram em um seminário católico na Ucrânia, destruíram a imagem da Virgem de Fátima e roubaram o cálice usado pelo Papa São João Paulo II durante uma de suas visitas.

O episódio foi denunciado pelo Bispo da Diocese de Kiev-Zhytomyr, Dom Vitaliy Kryvytsky. Segundo ele, soldados russos entraram na instituição católica em Vorzel e roubaram tudo o que podiam.

O bispo explicou que todos haviam saído do local devido a uma evacuação obrigatória e, ao retornarem, encontraram os restos do saque.

[Leia também: Esta foi a oração feita para consagrar a Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria]

Soldados russos saqueiam seminário e roubam Cálice de São João Paulo II na Ucrânia

“Eles tiraram quase tudo que podia ser vendido. Desde condensadores, máquinas de lavar, computadores, roteadores, equipamentos de cozinha… Até os sapatos velhos do Padre Reitor, que ele amava para correr”, disse o bispo.

Além disso, soldados russos roubaram objetos litúrgicos, como o cálice que São João Paulo II usou durante uma visita em 2011, e destruíram uma imagem da Virgem de Fátima.

Veja aqui algumas imagens da destruição perpetrada pelos soldados russos:

O bispo acrescentou que “algumas instalações foram danificadas pelas explosões, mas agradecemos a Deus Todo-Poderoso por manter nossa Alma Mater a salvo de uma destruição pior. Levará tempo para que a vida do seminário volte a ser como era. Estamos sem água, luz e gás”.

Rezemos pelo fim da guerra!

[Leia também: Ucranianos estão vendo “anjos luminosos” sobre o país, diz arcebispo greco-católico]
[Leia também: Relíquia de São João Paulo II é roubada de Catedral na Itália!]