Trump escolhe juíza católica e mãe de 7 filhos para vaga na Suprema Corte dos EUA

por -

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump oficializou neste sábado (26) o nome da juíza Amy Coney Barrett como sua escolha para a Suprema Corte do país.

Amy tem 48 anos, é católica praticante e mãe de sete filhos, dois deles tendo sido adotados no Haiti. 

Ela é contra o aborto e defende que “a vida começa na concepção”. Sua nomeação dá esperança aos ativistas pró-vida de que a prerrogativa que autoriza o procedimento possa ser revogada no país.

Em 2018, Trump havia cogitado o nome de Amy, mas acabou indicando Brett Kennedy.

A vaga na Suprema Corte foi aberta na semana passada após a morte da juíza Ruth Bader Ginsburg. Com a presença de Amy, agora os republicanos (conservadores) formam a maioria na Casa.

Amy e familia na Casa Branca, para o anúncio da nomeação. Créditos: TV/Reprodução

Rezemos por ela e por sua missão!

[Leia também: Vitória pró-vida nos EUA: bebês que sobreviverem a aborto devem receber atenção
médica!]