Trump faz homenagem a São João Paulo II na Casa Branca

por -
Facebook / YouTube

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, homenageou o Papa São João Paulo II em recente declaração na Casa Branca.

[Leia também: Saiba porque o demônio teme São João Paulo II]

Trump mencionou a primeira peregrinação que São João Paulo II fez a Polônia em 1979. O presidente americano referiu-se de maneira especial a primeira missa celebrada pelo Papa durante esta peregrinação.

“Em sua homilia, há quarenta anos, o Papa João Paulo II proferiu uma poderosa mensagem de esperança… Suas palavras se ergueram contra as forças repressivas do comunismo em toda a Polônia e no resto da Europa.
Ele inspirou coragem nos corações de milhões de homens e mulheres para buscar uma vida melhor e mais livre”.

Trump disse também que “milhões de pessoas agora vivem em liberdade por causa do Papa João Paulo II e sua extraordinária vida como um seguidor de Jesus Cristo e um defensor da dignidade humana e liberdade religiosa”.

Ele acrescentou: “Celebramos este momento histórico e reafirmamos nosso compromisso de garantir que a liberdade sempre prevaleça”.

O presidente Trump concluiu sua declaração convidando os Estados Unidos, junto com a Primeira Dama, Melania Trump, a lembrarem-se de São João Paulo II, “cujo discurso pungente agitou a alma do povo polonês e finalmente ajudou a derrubar a cortina de ferro do comunismo na Europa”.

“Que possamos continuar a ser fortalecidos por suas palavras e seu chamado à abundante compaixão, força e glória de Deus.”

[Leia também: “Um homem com batina! Ele tem mais poder que eu!”, Donald Trump sobre Padre]

Comentários

comentários