[Vídeo] Homem interrompe missa para fazer discurso contra o cristianismo

por -
Créditos: Entroncamento Online

No domingo, 15 de novembro, um homem interrompeu uma missa na igreja da Sagrada Família em Entroncamento, Portugal, para dar uma mensagem contra o cristianismo na África.

Aqui é possível ver o vídeo do momento:

Clique aqui caso não consiga ver o vídeo

A celebração eucarística da paróquia estava sendo transmitida online no momento em que o jovem que estava cantando o salmo vê um homem se aproximar do púlpito.

O sujeito expulsa o fiel do altar, ajeita o microfone e se dirige ao público dizendo: “Vocês têm que sair da África”.

Neste momento, o sacerdote se dirige até o homem e o toma pelo braço para retirá-lo, mas este lhe diz “Cala a boca, cala a boca”, e continua falando. O pároco então entra na sacristia e volta com seu celular na mão.

Então o homem continua: “Vocês têm que sair da África. Não ao cristianismo, não queremos cristianismo nem religião alguma”. Neste momento, o microfone é desligado e o homem começa a falar mais alto, porém não é possível compreender tudo o que ele diz. Após alguns minutos de ‘discurso’, ele sai por vontade própria.

Segundo testemunhas, o homem esperava a polícia do lado de fora e a celebração da missa recomeçou cerca de 10 minutos após o incidente.

África e o futuro da Igreja Católica

Os comentários contra o Cristianismo na África parecem ter um motivo. Este é o continente onde, segundo o Anuário Estatístico da Igreja, o número de católicos mais cresceu.

Dos 15.716.000 novos católicos de 2017 a 2018 em todo o mundo, 9.208.000 -mais da metade- são da África. Além disso, o continente recebeu o maior número de religiosos (+217), sacerdotes (+1391) e seminaristas (+450).

Além disso, de todas as instituições de caridade e de assistência administradas pela Igreja no mundo, este continente tem o maior número de hospitais (1.404 de 5192) e dispensários (5427 de 15481).

Rezemos pela evangelização da Igreja Católica na África e no mundo inteiro!

[Leia também: Grande graça! Mais de 400 pessoas de tribo africana são batizadas no mesmo dia]
[Leia também: Cardeal de 90 anos é sequestrado por rebeldes, mas dá corajoso testemunho de fé]