[Vídeo] Sacerdote cai em prantos durante missa por um desrespeito à Eucaristia

Créditos: Facebook

Recentemente, um vídeo em que um padre chora na missa por causa do que considerou um desrespeito diante da Eucaristia viralizou nas redes sociais.

O nome do padre e a paróquia onde o vídeo foi gravado ainda são desconhecidos – possivelmente na Colômbia. Mas a imagem de um padre chorando na celebração eucarística comoveu centenas de milhares de fiéis na internet.

Aqui você pode ver este momento e a explicação do padre por sua grande tristeza ao que ele considerou uma “irreverência” diante de Jesus Santíssimo.

Embora não revele explicitamente em que consiste esta irreverência, implica que é um tratamento indigno da Eucaristia no momento da comunhão.

Veja o vídeo:

Créditos: Facebook

Se você não conseguir assistir o vídeo acima, clique aqui.

A imagem mostra o padre de costas, que se inclina e ouvimos o seu choro. Então ele se ergue e vai para o ambão. E começa a falar aos fiéis.

“Há coisas que às vezes não podem ser explicadas, ou melhor, sim. O que acontece é que dói muito quando o Senhor nos permite compartilhar ou ver certas coisas”, ele começa dizendo.

“A partir deste momento, na nossa paróquia, só será possível receber a comunhão na boca e de joelhos. Não pode ser de outra forma”, diz de repente.

Mas logo explica: “Cristo está vivo, está entre nós e dói-lhe muito -não só quando não se comunga, porque é uma dor muito grande para ele-, mas quando se comunga nem mesmo sabendo a Quem se está recebendo”.

E quando se recebe como se recebesse qualquer alimento, como se não se acreditasse na Sua presença… Ele está muito vivo ali (…) Ainda que seja uma partícula pequena, a mais ínfima, aí está Ele. Por isso deve-se ter o maior cuidado possível”, conclui.

A dor que o sacerdote sente deve-se à forma e à pouca delicadeza com muitas vezes se tem ao receber a Eucaristia, sendo este o Pão Celestial. Muito provavelmente você já viu isso na hora da comunhão…

O que ensina a Igreja sobre Cristo Eucarístico

Segundo o Catecismo da Igreja Católica (CIC), “no santíssimo sacramento da Eucaristia estão contidos, verdadeira, real e substancialmente, o corpo e o sangue, conjuntamente com a alma e a divindade de nosso Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, Cristo completo”. (CIC 1374)

E diz ainda que “a presença eucarística de Cristo começa no momento da consagração e dura enquanto as espécies eucarísticas subsistirem”. (CIC 1377)

Além disso, a Igreja ensina a importância da atitude para receber a Eucaristia, “devemos preparar-nos para este momento tão grande e santo” (CIC 1385). E também nos recorda que “a atitude corporal (gestos, traje) deve traduzir o respeito, a solenidade, a alegria deste momento em que Cristo Se torna nosso hóspede”. (CIC 1387)

O que você achou da atitude do padre?

[Leia também: Por quanto tempo Jesus permanece conosco na Eucaristia depois que comungamos?]
[Leia também: Padre conta poderoso testemunho sobre presença real de Jesus na Eucaristia]