15 fatos franciscanos que mudaram o mundo

por -
Créditos: Fray Foto/Divulgação

Certo dia um rapaz abandonou todas as suas riquezas, vestiu um hábito e saiu pelo mundo para amar a Cristo, viver a pobreza e anunciar o Evangelho.

Certamente você já sabe de quem estamos falando, não é?

São Francisco de Assis teve uma vida inspiradora e seu testemunho influenciou muitas pessoas e situações na história da humanidade.

E aqui compartilhamos 22 fatos franciscanos que mudaram o mundo:

1) O nome Francisco

Apesar de ser um nome comum hoje em dia, São Francisco foi a primeira pessoa de quem se tem notícia a ser chamada por este nome. Ele na verdade foi batizado como João, mas foi apelidado de Francesco (o ‘francês’) devido às frequentes viagens que fazia à França por causa do emprego do pai.

2) A primeira literatura italiana

Acredita-se que o Cântico das Criaturas de São Francisco foi a primeira obra literária escrita no idioma italiano, e até hoje é estudado por estudantes do país pela sua importância histórica.

3) Presépio natalino

Em 1223, São Francisco quis experimentar a sensação de estar presente no nascimento de Jesus, por isso montou o primeiro presépio. E como a Ordem Franciscana já era relativamente grande na época, a tradição se espalhou rapidamente.

4) Via Sacra

Apesar de não ter sido São Francisco quem inventou, foram os franciscanos que tornaram a devoção mais popular e conhecida. A oração era muito comum nas peregrinações na Terra Santa, mas foram eles que levaram a devoção “de volta” para Europa e, durante séculos, foram os únicos que podiam implantar e abençoar as Estações nas igrejas; por isso muitos acreditam que foram os franciscanos que a inventaram.

5) Proteção dos Lugares Sagrados

A devoção de São Francisco pela Terra Santa era muito profunda, e por isso, em 1217, foi criada uma custódia dos franciscanos e em 1342 eles foram declarados os responsáveis oficiais pelos Lugares Santos.

6) Primeira Ordem Missionária da Igreja

Apenas alguns anos depois da fundação, os franciscanos se espalharam pelo mundo e estavam presentes em praticamente todos os países europeus, iniciando missões na África e também na Ásia. Foram também os primeiros a incluir o “apelo” missionário nas regras.

7) Libertação da Polônia e Hungria

Enquanto estavam em missão na Polônia e Hungria, os franciscanos simplesmente foram responsáveis por impedir que as regiões fossem conquistadas pelos exércitos mongóis. Ouvindo sobre uma possível invasão, os frades Lourenço de Portugal e João de Pian del Carpine foram enviados como embaixadores, levando uma declaração papal de paz. O documento foi rejeitado, mas eles acabaram voltando com conhecimento sobre o império e suas táticas militares, fazendo com que as tropas pudessem ser derrotadas.

8) Fundação de grande parte das missões nas Américas

Principalmente nos Estados Unidos. Não a toa que muitas cidades e estados norte-americanos foram nomeados em honra a São Francisco, Santa Clara, Santo Antônio etc. Como, por exemplo, o nome original da cidade de Los Angeles, que era “Povo de Nossa Senhora Rainha dos Anjos sobre a Porciúncila de Assis” e de Santa Fé era “A Vila Real da Santa Fé de São Francisco de Assis”.

9) Criação do Breviário

Com todas as viagens missionárias, rezar como os monges de clausura rezavam não era muito viável, mas São Francisco queria que os irmãos continuassem rezando enquanto trabalhavam. Eles precisavam levar o grande livro dos Salmos para onde quer que fossem e, assim, para facilitar, surgiu o Breviário, em 1223.

10) Invenção da pólvora

O frade Roger Bacon, conhecido como Doutor Admirável e considerado por alguns como o primeiro cientista, foi o primeiro europeu a desenvolver a pólvora, resultado do pioneirismo no desenvolvimento do método científico.

11) Revolução na contabilidade

Luca Paccioli, um franciscano no século XV revolucionou as operações de negócios com o desenvolvimento do método de contabilidade de dupla-entrada, que permaneceu praticamente sem alterações por 500 anos, dando a ele o título de “Pai da Contabilidade e da Escrituração”.

12) Criação das casas de penhores

Os franciscanos foram os inventores do que se tornariam as casas de penhores. Começou com o objetivo de caridade, oferecendo baixas taxas de empréstimos aos pobres e acabou reduzindo a quase zero a usura na Europa, além de facilitar a invenção do atual sistema bancário.

13) Capuccino

Sim, o nome da bebida feita com café foi nomeada assim pela semelhança da cor marrom com os franciscanos capuchinhos.

14) Fundação da Mayo Clinic

A Mayo Clinic, um dos mais influentes centros acadêmicos médicos do mundo foi fundado por Irmãs Franciscanas.

15) Personalidades importantes

Dante, Francesco Petrarca, Michelangelo, Rafael, Luigi Galvani, Louis Pasteur e Cristóvão Colombo eram franciscanos seculares. Então a eles devemos a Divina Comédia, a Capela Sistina, a Escola de Atenas, a descoberta da bioeletromagnética, invenção da pasteurização e a descoberta das América.

Você já sabia disso?

Inspirado no vídeo do canal Breaking in the Habit

[Leia também: 13 Curiosidades sobre São Francisco de Assis]
[Leia também: A lição de São Francisco de Assis a irmão Leão sobre a verdadeira alegria]