Bizarro! Nicolás Maduro “adianta” Natal na Venezuela para outubro

por -
Créditos: Twitter/Reprodução

O líder autoritário da Venezuela Nicolás Maduro tomou uma medida bastante controversa recentemente. Ele decidiu “adiantar” as comemorações do Natal para o dia 15 de outubro, mais de dois meses antes da data oficial cristã.

Mudar um feriado religioso?

Maduro alegou que o comércio precisava ser aquecido, já que a economia não vai nada bem no país “por causa da pandemia”.

Além das medidas econômicas anunciadas, Maduro prometeu em seu Twitter que ainda haveria “10 milhões de brinquedos como parte do plano ‘Natal feliz e seguro’. Os melhores brinquedos para nossas crianças. Levemos esperança, alegria e sorrisos a cada filho e filha da Pátria”.

A televisão estatal do país VTV Canal 8 informou no Twitter o “início do Natal”.

Confira o post:

Clique aqui caso não consiga ver o post

O post diz: “O Presidente Constitucional da Venezuela, @NicolasMaduro lidera neste #15Oct a jornada pelo início do Natal 2020🎄”.

Esta não é a primeira vez que ele “adianta” a celebração. Em 2013, ele decretou que as festas começassem em 1º de novembro, para “derrotar a amargura”.

Segundo dados da ONU, cerca de cinco milhões de pessoas já fugiram da Venezuela por causa da grave crise econômica, política e humanitária que o país vive no momento.

Rezemos pela Venezuela!

[Leia também: Fidel Castro só permitiu o Natal em Cuba graças a São João Paulo II]
[Leia também: “Um homem com batina! Ele tem mais poder que eu!”, Donald Trump sobre Padre]