Celebridades zombam da fé católica em desfile de moda

Na última noite, 7 de maio, aconteceu o tradicional desfile de gala para arrecadar fundos em vista do Museus Metropolitano de Nova Iorque, mas conhecido como “Met Gala”. E este evento, que tinha como tema “Corpos celestiais: moda e imaginação católica”, causou grande polêmica por causa dos modelos de roupas usadas por celebridades.

Quem esteve presente no desfile desembolsou no mínimo 30 mil dólares para comprar o ingresso e ver Rihanna vestido como Papa, Kate Perry com roupa de anjo, Anne Hattaway usou uma espécie de coroa de espinhos, Jared Leto estava vestido de Jesus e Lana Del Rey como Nossa Senhora das Dores.

O desfile gerou grande repercussão no mundo. O jornalista britânico Pires Morgan disse em seu programa “Good Morning Britain” que “como católico, bem, não sou muito sensível, mas é um pouco estranho, não? Imagina se tivesse sido uma temática islâmica? Como as pessoas se sentiriam?
E se fosse “um tema judeu? Como se sentiriam?”, questionou.
“Explique-me, como católico, por que não deveria estar perturbado por um monte de celebridades estar usando um chapéu com o nascimento de Jesus ou se vestindo como meu Papa?
Tenho que dizer que se fosse qualquer outra religião, todo o inferno teria se levantado”, finalizou.

Não é a primeira vez que artistas atacam e ofendem a fé católica. No Brasil no último ano tivemos uma exposição de “arte” que agredia frontalmente os valores cristãos.

Aqui estão alguns dos trajes:

Rihana

ANGELA WEISS (AFP)

Kate Perry

RAY TAMARRA (GC IMAGES)

Anne Hattaway

EDUARDO MUNOZ (REUTERS)

Jared Leto e Lana Del Rey

EVAN AGOSTINI/INVISION/(AP)

Oremos pela conversão destas pessoas!

[Leia mais: O dia em que uma freira vestida de pirata converteu um homossexual]
[Leia mais: Jornalista da Fox News diz ao vivo que “Um dia vamos agradecer a Igreja por sua posição Pró Vida”]

Comentários

comentários