Freira de 87 anos detém ladra que queria roubar o convento

por -
Créditos: Cope.es/irmãs de Santa Clara

Uma freira de 87 anos parou uma ladra que queria roubar o convento e a manteve em um quarto até a chegada da polícia.

O incidente ocorreu em Palencia, na Espanha. As irmãs de Santa Clara se preparavam para participar de sua oração diária, quando uma delas, a freira de 87 anos, percebeu que havia ali uma mulher de fora da congregação.

[Leia também: Turista é preso por destruir estátuas milenares no Museu do Vaticano]

Freira de 87 anos detém ladra que queria roubar o convento

A subdelegação do governo em Palência confirmou que a mulher em questão se infiltrou no convento com a intenção de roubar um envelope contendo o dinheiro da congregação.

Mas uma das religiosas não estava disposta a que isso acontecesse. Sem medo e apesar de sua inferioridade física, a freira de 87 anos começou a brigar com a mulher de 45 anos e conseguiu trancá-la para que ela não pudesse fugir do local.

Em seguida, as freiras chamaram a Polícia Nacional, que foi ao local, deteve a mulher e a levou à delegacia para recolher o seu depoimento.

De acordo com relatos da mídia local, não foi a primeira vez que a ladra tentou assaltar o convento. As freiras conseguiram identificar a mulher, que em outra ocasião havia entrado na instituição e fugido com dinheiro.

Que falta de respeito. Rezemos pela Igreja!

[Leia também: Na Polônia, fiéis estão na expectativa por possível milagre eucarístico; veja as fotos!]
[Leia também: Incêndio misterioso na casa de um padre: “O diabo não está feliz comigo”]