Turista é preso por destruir estátuas milenares no Museu do Vaticano

por -
Créditos: Instagram.

Um fato inesperado aconteceu nos Museus do Vaticano nesta quarta-feira (5). Um turista proveniente dos Estados Unidos, que fazia uma visita guiada ao local, acabou se irritando e quebrando dois bustos romanos que estavam expostos.

[Leia também: O Papa Francisco realizou um exorcismo no Vaticano? Entenda o que aconteceu]

Turista é preso por destruir estátuas milenares no Museu do Vaticano

De acordo com as investigações preliminares, o homem estava participando de uma visita acompanhada por um guia. A certa altura do passeio, manifestou interesse em encontrar o Papa, mas como lhe foi dito que não era possível, decidiu atacar as antiguidades que ali estavam.

Os espectadores não sabem explicar como ele conseguiu retirar os bustos de sua base, já que eles estão embutidos.

O funcionário dos museus do Vaticano que acompanhou o grupo de turistas impediu que o homem continuasse destruindo outras obras. Impedido de continuar o ataque, o sujeito tentou fugir, mas foi preso pela vigilância e colocado à disposição da gendarmaria do Vaticano.

Outro guia do museu compartilhou uma fotografia do que aconteceu. Na imagem, é possível ver as partes dos bustos destruídos no chão da galeria.

Veja a imagem:

O post diz: “O cara de joelhos à esquerda em uma das galerias dos Museus Chiaro-Monti nos Museus do Vaticano derrubou dois bustos romanos de mármore de 2 mil anos. Uma imagem vale mais que mil palavras. Bárbaros nos portões, de fato.”

Enquanto isso, a equipe de restauração de mármore dos Museus do Vaticano garantiu que o dano não é significativo e que está trabalhando para repará-lo.

O que você achou?

[Leia também: Russell Crowe visita a Capela Sistina no Vaticano: “Estou à serviço de Roma”!]
[Leia também: Jovem paraense se encontra com o Papa e lhe dá terço que fez com caroço de açaí]