Morre Dom Juventino Kestering, vítima da Covid-19

por -
Créditos: Internet/Reprodução

Dom Juventino Kestering, bispo de Rondonópolis-Guiratinga (MT), faleceu neste domingo (28), devido a complicações do novo coronavírus. Segundo os médicos, ele sofreu uma parada cardíaca durante a manhã. Diagnosticado com a doença no final de fevereiro, o bispo estava internado desde 11 de março.

Em nota, a diocese informou que por não haver mais a presença do vírus, será permitido fazer o velório de Dom Juventino, mas seguindo os rigorosos protocolos de higiene. As informações sobre o sepultamento serão divulgadas em breve.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também divulgou uma nota de pesar pelo falecimento de Dom Juventino. “Unimo-nos em solidariedade aos familiares, amigos, ao povo de Deus no Sul de Mato Grosso e aos agentes da Animação Bíblico-Catequética de todo o Brasil, que puderam se enriquecer com a doação deste nosso irmão enviado para evangelizar”, diz um trecho.

“Em preces pela alma de dom Juventino, reforçamos nossa Mensagem Pascal deste ano: ‘Cristo Ressuscitado, bálsamo da vitória da vida sobre a morte, seja perseverança em nosso caminhar, especial sustento para os profissionais e servidores da saúde, consolação para os enlutados e feridos no coração’.”

Segundo dados da CNBB, mais de 1.450 padres em todo o Brasil já foram infectados com a Covid-19, e 65 deles vieram a óbito.

Entre os bispos, além de Dom Juventino, outros três também morreram vítimas do vírus, Dom Aldo Pagotto, arcebispo emérito da Paraíba; Dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE); e cardeal Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do Rio de Janeiro.

Rezemos por todas as vítimas da Covid-19!

[Leia também: Nove bispos católicos morrem de Covid-19 na mesma semana]
[Leia também: Freira vence Covid-19 bem a tempo de comemorar seu aniversário de 117 anos!]