Por que durante a Quaresma não se canta o Aleluia?

por -
Créditos: Internet/Reprodução

A Quaresma é um tempo importante e muito particular na liturgia da Igreja. Caminho até a grande festa da Pascoa do Senhor, que traz em si todo um itinerário espiritual e simbólico que nos faz mergulhar de forma mais profunda nesta espera.

É um período de penitência, em que nos voltamos ainda mais para a prática da oração, jejum e esmola, buscando ter um coração mais puro e temente a Deus e livre de todo pecado.

Entre as “privações” da Quaresma, estão a cobertura de santos nas igrejas, a omissão de uma decoração suntuosa, o Glória e o… Aleluia. Você já se perguntou o motivo disso?

Por que durante a Quaresma não se canta o Aleluia?

‘Aleluia’ é uma palavra hebraica que significa “Louvor a Deus”, ou seja, é uma palavra que traz consigo toda a alegria da adoração ao Senhor. E quando a dizemos/cantamos na missa, estamos nos unindo ao coro de todos anjos que louvam a Deus no Céu.

Assim, ao cantarmos o Aleluia, lembramos que, participando da Santa Missa, também estamos participando do Reino de Deus já aqui na Terra!

Porém, durante a Quaresma, somos chamados a focar na espera pelo Reino de Deus que virá: o Céu que se abre para nós com a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.

E é por isso que não cantamos o Aleluia! Ao invés disso, mantemos nosso coração contrito, nos arrependemos de nossos pecados, fazemos penitências para que, um dia, também nós possamos adorar e louvar Deus no Céu, como fazem os anjos!

Gostou da explicação?

[Leia também: 4 maneiras de lucrar indulgência plenária durante a Quaresma]
[Leia também: Por que confessar meus pecados a um padre?]