Veja o incrível testemunho de uma jovem chinesa que se converteu ao catolicismo

    por -
    Getty Images

    A jovem Wenxuan Yuan visitou uma Igreja Católica em Pequim quando criança, ela ficou impressionada com tamanha beleza.

    No pátio da Igreja tinha um quadro com um verso do livro do Apocalipse em chinês: “Não tenha medo. Eu sou o princípio e o fim, aquele que vive. Uma vez estive morto, mas agora estou vivo para todo o sempre”.

    Apesar de não entender o significado daquelas palavras, Yuan voltou muitas outras vezes na Igreja. Quando completou 14 anos, a jovem tomou a decisão de tornar-se católica.

    Segundo Yuan, ao escolher o catolicismo como sua religião, sentiu-se livre como nunca tinha se sentido antes. “Pela primeira vez não tive nada a esconder em meu coração”, refletiu ela.

    “Deus se tornou minha luz e, portanto, eu não tenho mais medo da luz”, disse Yuan a bispos e jovens em Roma em um evento sinodal de jovens patrocinado pelo Centro Notre Dame de Ética e Cultura.

    Yuan disse à Catholic News Agency que o que a atraiu pela primeira vez à fé católica foi que “é verdade. Não é apenas uma teologia melhor. É a verdadeira teologia“.

    E Yuan disse que tendo descoberto a verdade, não podia guardar para si mesma. “Quando eu estava na faculdade, todo fim de semana tentava levar um dos meus amigos para a missa e fiz isso por vários anos”, continuou Yuan.

    A reação de de seus amigos foram diversas. Alguns amigos reagiram dizendo que aquilo era lindo, outros disseram que ela estava acreditando em coisas loucas. Ela disse que seus amigos não sabiam quase nada da fé católica.

    Yuan está atualmente fazendo doutorado em teologia na Universidade de Notre Dame. Seu amor pela teologia nasceu da leitura de escritos espirituais por meio dos quais ela ingressou na “tradição viva da Igreja”. Yuan considerou a “batalha heróica da caridade e do auto-sacrifício” na autobiografia de Santa Teresa de Lisieux uma inspiração particular.

    Outra coisa que aprendi com Santa Teresinha é a importância de rezar pelos padres. “Como é difícil enxergar o quanto um padre pode fazer por uma alma, acredito que todos os fiéis devem se esforçar ao máximo para apoiar seus sacerdotes”, disse ela.

    “Minha vida na Igreja também mudou meu relacionamento com as pessoas. Aprendi que todas as pessoas são criadas por Deus à sua imagem e, portanto, merecem meu amor ”, disse Yuan.

    “É realmente uma experiência transcendente ser conduzida pelo amor que vai além da nossa compreensão”.

    [Leia também: China proíbe venda de Bíblias na internet]
    [Leia também: Chiara Luce: exemplo de vida santa para os jovens]

    Comentários

    comentários