Considerada a pessoa mais idosa do mundo, freira francesa Ir. André morre aos 118 anos

por -
Créditos: Twitter/Reprodução

Irmã André Randon, a religiosa que em abril de 2022 se tornou a pessoa mais velha do mundo, de acordo com o Guinness World Book, faleceu aos 118 anos. Ele morava na casa de repouso Sainte-Catherine Labouré em Toulon, França.

[Leia também: A freira católica que ajudou a fundar os Alcoólicos Anônimos]

Considerada a pessoa mais idosa do mundo, freira francesa Ir. André morre aos 118 anos

“O Guinness World Records fica triste ao saber da morte da pessoa mais velha do mundo, a irmã André (n. Lucile Randon) aos 118 anos”, disse a empresa no Twitter.

Clique aqui caso não consiga ver o post

Nascida Lucile Randon em 11 de fevereiro de 1904, Ir. André converteu-se ao catolicismo aos 19 anos. Aos 25 anos, ela começou a cuidar de idosos e órfãos em um hospital francês. Ingressou tardiamente nas Filhas da Caridade aos 40 anos.

Durante 28 anos cuidou de idosos e órfãos no hospital de Vichy. Aos impressionantes ​​105 anos (ou seja, em 2009) mudou-se para Toulon, onde vivia atualmente.

Em abril de 2022, após a morte da japonesa Kane Tanaka -aos 119 anos-, o Guinness World Records concedeu-lhe o título de pessoa mais idosa do mundo.

Mesmo estando cega e numa cadeira de rodas, a Ir. André ainda tinha senso de humor de sobra e pedia sempre para rezarem por ela: “Que o Bom Deus não seja muito lento em me fazer esperar mais. Ele está exagerando um pouquinho”, brincou no aniversário de 116 anos.

Descanso eterno, dai-lhe, Senhor!

[Leia também: Freira francesa se torna a pessoa mais idosa do mundo; e este é seu segredo para a longevidade!]
[Leia também: Estas freiras reconstruíram um mosteiro em ruínas e abriram uma fábrica de chocolate!]